Friday, September 23, 2016

Derrota temporária não é um fracasso permanente.

É esse o DEUS que acredito, que não impõe, mas propõe!!! Que nos deixa livres em nossas escolhas, pra nos ver felizes. Que não desiste de nós, nunca!!! E que ama incondicionalmente, que é bom porque é bom, não porque somos bons!!! E acima de tudo, ama cada um diferentemente, porque somos diferentes, e, assim, na desigualdade, ama a todos igualmente!!!!!! ELE é puro amor!!!!!!

"A verdade é que não imagino Deus sentado em um trono, distante, inatingível. Sinto-O ao meu lado, balançando minha rede enquanto conversamos, ou sentado na mesa da cozinha enquanto preparo o jantar. Para mim, Deus está ao lado de minha cama me dando beijo de boa noite, e adentrando no meu quarto pela manhã, quando o sol nasce, me desejando bom dia. Um Deus que sorrir comigo, e me abraça quando choro. Que silencia quando preciso aprender por mim mesma. Deus é um Pai, um Amigo. Não um Deus que me criou e mandou à Terra para ficar me olhando de longe. Ele acompanha todos os meus passos, me impedindo de cair ou me levantando quando peço ajuda depois que eu insisti em usar errado meu livre-arbítrio. Não visualizo ao certo um rosto, porque não O vejo. Eu O sinto. E isso é mais forte que tudo. Mas pelo o que sinto, imagino feições de ternura, paciência e amor puro. Nossas conversas são cheias de risos, então imagino-O sorrindo. A paz que eu sinto vinda Dele mesmo quando estou no meio de um vendaval, é indescritível. E posso até dizer que Ele está no céu, mas que esse céu é aqui, bem dentro de mim."

SUGESTÕES

Saúde

- Priorizar o atendimento ginecológico, para que possamos dar uma atenção melhor e com mais benefícios para as mulheres.

Urbanismo e Meio Ambiente 

- Projeto para despoluir o nosso rio.

- Fiscalizar a padronização de calçadas, facilitando e dando comodidade aos pedestres.

Serviço Social

- Desenvolver cursos como: corte e costura, cabeleireiro, manicure, artesanato, fabricação de roupas e outros.

- Dotar o CRAS  de profissional competente para a confecção de carteira de identidade.

Educação

- Incentivar a educação física nas escolas municipais.
- Apoiar com mais intensidade os alunos que fazem faculdade em João Monlevade e no Vale do Aço.

Cultura

- Desenvolver peças teatrais, mostrando nossa cultura (como danças, apresentações e etc)

Agricultura

- Incentivando a agricultura familiar para que os produtores no período de entre safra tenham produtos para serem comercializados e assim obterem recurso extra para o orçamento. 

- Apoiar a feira municipal de ''horti frutis'' quer seja para exposição ou negociação.
Os tempos são outros... 
A Escola não é mais um direito do aluno. É um dever enfadonho que o exaure e desanima. 
Obviamente, diante de tantos maus exemplos de sucesso e enriquecimento sem nenhum esforço, o estudo toma o lugar das palavras que convencem, enquanto esses arrastam rumo às conquistas fáceis, principalmente de bens materiais, em detrimento do bom caráter.
"Superdotada" é como me considero e toda a gente ilustre e bem formada em uma gloriosa Escola Pública que não existe mais!...
Todas as disciplinas, ministradas com igual seriedade, estudadas com o mesmo interesse pelos "superdotados" - que não abandonavam a sala nem a Escola -, conferiram-lhes um cabedal diferenciado, reconhecimento e, principalmente, o respeito profissional.

20 DICAS PARA O SUCESSO

1 - Elogie 3 pessoas por dia.
2 - Tenha um aperto de mão firme.
3 - Olhe as pessoas nos olhos.
4 - Gaste menos que ganha.
5 - Saiba perdoar a si e aos outros.
6 - Trate os outros como gostaria de ser tratado.
7 - Faça novos amigos.
8 - Saiba guardar segredos.
9 - Não adie uma alegria.
10 - Surpreenda aqueles que você ama com presentes inesperados.
11 - Sorria.
12 - Aceite uma mão estendida.
13 - Pague suas contas em dia.
14 - Não ore para pedir sabedoria e coragem.
15 - Dê às pessoas uma segunda chance.
16 - Não tome nenhuma decisão quando estiver cansado ou nervoso.
17 - Respeite todas as coisas vivas, especialmente as indefesas.
18 - Dê o melhor de si no seu trabalho. Tenha prazer em fazer bem feito.
19 - Seja humilde, principalmente nas vitórias.
20 - Jamais prive uma pessoa de esperança. Pode ser que ela só tenha isso.

JUIRAÇU PERTENCEU A SÃO JOSÉ DO GOIABAL

É um pequeno distrito, tanto em extensão territorial como em número de habitantes. Foi criado no dia 6 de junho de 1901, com o nome de Santa Isabel. No dia 8 de outubro de 1929 perdeu a condição de distrito, voltando à condição de povoado ou vila, pertencente ao distrito de São José do Goiabal, criado naquela data.

Voltou à condição de distrito de São Domingos do Prata no dia 27 de dezembro de 1948, pela lei número 336, com o nome de Juiraçu. A volta à condição de distrito de São Domingos do Prata deve-se à luta e esforços de Joaquim Leão Estevão, natural da localidade.

CÔNEGO JOÃO PIO FOI FIGURA REPRESENTATIVA

O Distrito de Cônego João Pio, primitivamente denominado povoado de Teixeiras, em memória do primeiro fazendeiro da região, "Sô Teixeira", pertenceu ao Distrito de Vargem Alegre, hoje Vargem Linda. Transformou-se em distrito no dia 27 de dezembro de 1948, através da lei número 336, recebendo a denominação de Cônego João Pio.

Com a troca de nome, evitou-se um fato que acontecia com frequência, o extravio de correspondências locais para Teixeiras de Viçosa. A escolha da nova denominação homenageou uma das figuras mais representativas da história de São Domingos do Prata, o cônego João Pio de Souza Reis.

VARGEM LINDA JÁ SE CHAMOU BERRANTE E VARGEM ALEGRE

Freguesia criada pelo decreto de número 2.762, de 12 de setembro de 1890, então pertencente a Mariana, Vargem Linda limita-se com os distritos de Ilhéus e com os municípios de Dom Silvério e de Alvinópolis. Fica a uma distância de 12 km da sede do município.

Originalmente o povoado se chamava Berrante, devido a um antigo morador da localidade que tinha costume de falar muito alto e quando alguém lhe chamava atenção respondia: "Eu aqui sou quem berra", motivando o apelido de João Berrante, nome que acabou marcando a povoação.

Criada a freguesia, a localidade passou a denominar-se Vargem Alegre, nome sugerido por Manoel Ponciano em razão da extensa várzea, de quase sete quilômetros de extensão, existente nas margens do rio do Prata. Com o tempo e as divisões administrativas, o distrito foi perdendo muitas fazendas e povoados, como Areão e Batieiro. Na última divisão administrativa seu nome foi mudado para Vargem Linda.

ILHÉUS FOI CRIADO POR HÁBIL NEGOCIANTE PORTUGUÊS

Criado por ato do governo provisório mineiro, em 1891, desmembrado do distrito de Santo Antônio da Vargem Alegre, o distrito de Ilhéus dista 30 km da sede do município. A denominação da localidade provém do nome de um português conhecido por Francisco Ilhéus, um dos primeiros habitantes da região.

A história do distrito está ligada aos comerciantes Antônio de Oliveira e Severino da Costa Leite, sócios na exploração da fibra têxtil descoberta por este último. A tentativa, no entanto, durou pouco, porque Costa Leite faleceu a caminho da então capital federal levando grande quantidade do produto em busca de dinheiro para continuação da empresa e a sociedade entre os dois acabou.

Muito vivo e perspicaz, Antônio de Oliveira tratou de pesquisar outros negócios. Depois de casado com a filha de um rico fazendeiro, foi nomeado professor primário em Santa Rita de Vargem Alegre. Em seguida, idealizou a criação de um distrito administrativo em Ilhéus. Na antiga Villa Rica apresentou-se ao governador e com muita diplomacia obteve a criação do distrito, em 1891, com divisas demarcadas, desmembrando-se do distrito de Vargem Alegre.

Após a oficialização da iniciativa, Antônio de Oliveira exerceu nos bastidores todas as funções do recém-criado distrito, desde professor, que de fato o era, além de subdelegado de polícia, juiz de paz, escrivão, tabelião de notas, presidente do conselho distrital, agente e estafeta do Correio.

Diziam ainda que comandava o destino de todos os pleitos eleitorais. Só vencia quem ele apoiava. Mas foi um verdadeiro benemérito do antigo Ilhéus.

Thursday, September 22, 2016

SANTANA DO ALFIÉ ERA POVOADO NO SÉCULO XVIII

Existem várias versões sobre o nome dado a localidade. A mais provável refere-se à qualidade do ouro que ali se extraia durante o século XVIII. Conta-se que os negociantes pediam "ouro fiel", isto é, ouro de boa qualidade ou bem pesado, ao fiel; vocábulo que, corrompido, tornou-se "Alfié". O distrito localiza-se a cerca de 20 km de distância da sede do município,, limitando-se com distritos de Jaguaraçu, Marliéria, Dionísio e Nova Era.

Sabe-se que João dos Santos Leite e seu irmão Alexandre dos Santos Leite foram os primeiros posseiros que habitaram a região, por volta de 1730, trazendo junto com eles cerca de 40 escravos, apossando-se dos terrenos que, posteriormente, se denominaram Alfié, Galinheiro, Piedade e Sumidouro.

Em 1790 o padre João Rodrigues da Rocha, mais Antônio Barbosa da Silva e Domingos Gonçalves Laranjeira começaram a construir a atual matriz da localidade, substituindo a pequena capela de Santa Ana, erguida por João dos Santos Leite. O serviço foi executado pelo marceneiro Valentino Dias Cordeiro, residente em Villa Rica, e concluído em 1794. 

ROMARIA

A origem da romaria que acontece anualmente no distrito, no dia 3 de maio à Cruz de São Gonçalo, está ligada à rústica cruz encontrada por Domingos Marques Afonso quando estava inteiramente perdido no meio da mata e que, anos depois, foi também achada por Jerônimo de Faria, de Morro Vermelho, que casou-se em São Domingos do Prata em 1792, e ao apossar-se de terrrenos no córrego hoje denominado São Gonçalo, deparou-se com a sepultura.

Anos depois seu neto João J. de Faria, vulgo Joãogico, achando-se atacado de grave enfermidade, fez votos de substituir a antiga cruz de madeira roliça por outra de melhor aspecto. Obtida a cura, cumpriu a promessa. Algum tempo depois, uma filha de Joãogico, que também se achava desenganada, obteve melhoria instantânea, invocando a cruz milagrosa, motivo hoje da romaria.

A velha cruz encontrada por Jerônimo de Faria está ligada a uma impressionante história. Segundo se sabe, havia na antiga Villa Rica um abastado comerciante, pai de três lindas filhas, sendo Ricardina a mais bela, cortejada por todos os jovens aristocratas locais. Mas, o mais apaixonado, era um soldado de baixa classe chamado Dionísio, que não se atrevia a declarar seu amor. Por obra do destino, o pai de Ricardina cometeu um crime e foi preso. Dionísio sentiu que chegou a hora de agir.

Propôs então à moça que facilitaria a fuga de seu pai, mas que os dois também iriam juntos. Ela aceitou e os três fugiram dirigindo-se para Antônio Dias Abaixo. Na noite seguinte repousaram numa fazenda à margem do Gualacho, mas, de manhã, Ricardina notou a ausência do pai, tendo Dionísio dito que temendo ser preso ele fugiu. Os dois seguiram viagem no encalço do fugitivo.No quarto dia o casal encontrou-se com dois soldados que se dirigiam de Antônio Dias para a capital provincial.

Não se sabe por qual motivo, um dos soldados foi morto e enterrado pelo próprio Dionísio. Tal fato teria acontecido nas proximidades do Morro da Sela, próximo à Fazenda São Nicolau. Mas, ao que tudo indica, se deu nas imediações de Alfié, que também não é distante do Morro da Sela, e que desde 1730 já era povoado. Portanto, por ali deveria passar o caminho ou trilho de Antônio Dias Abaixo para Villa Rica. Dionísio teria se refugiado no lugar chamado Pereiras, e quanto à bela Ricardina, faleceu a caminho de Alfié.

Monday, September 19, 2016

A RAZÃO DE SUA VIDA É VOCÊ

''Ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregue sua alegria, sua paz, sua vida nas mãos de ninguém, a absolutamente ninguém. Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja. A razão da sua vida é você mesmo.''

Sunday, September 18, 2016

PERTO DE MIM

"Não sei exatamente em que momento comecei a despertar. Só sei que comecei a desejar menos entender de onde vim e a desejar mais aprender a estar aqui a cada agora. Só sei que descobri que a solidão é estar longe da própria alma. Que ninguém pode nos ferir sem a nossa cumplicidade. Que, sem que a gente perceba, estamos o tempo todo criando o que vivemos. Que o nosso menor gesto toca toda a vida porque nada está separado. Que a fé é uma palavra curta que arrumamos para denominar essa amplidão que é o nosso próprio poder."

Friday, September 16, 2016

OBRIGADO PREFEITO FERNANDO ROLLA

Ao findar o seu segundo mandato agradecemos pelos seus (8) oito anos dedicados ao Município.

Como cidadão pratiano sou grato, não só pela revolução educacional com o apoio das nossas professoras, pelos Postos de Saúde reformados e construídos, pela revitalização da Escola Duval Mendes e da Praça da Matriz,  pela nova creche que está sendo construída no Bairro Julieta e pelo Centro de Eventos.

Falo de muito mais. Falo da serenidade e da fraternidade que adotou em sua administração, respeitando as pessoas, longe das contendas e conflitos, sem discriminação, sempre recebendo-as  com um sorriso afável e um fraternal abraço.

"Quem oferece flores, fica com as mãos perfumadas."

Gestos simples marcaram o seu respeito pelo próximo.

No tocante à transparência,  ter uma Terra classificada entre as (4) quatro mais corretas dentre 853 municípios de Minas Gerais e figurar como EFICIENTE no quadro nacional dos municípios brasileiros, conforta-nos muito, numa época de tanta corrupção.

Todo mundo pode ser grande, porque todo mundo pode servir. Você não precisa ter diploma universitário para servir. Não precisa concordar o sujeito com o verbo, porque tem a essência,  um coração cheio de graça e uma alma guiada pelo amor.

Obrigado! ...

Thursday, September 15, 2016


Há quem passa... Aplaudindo nossos fracassos.
Há quem passa... Ajudando-nos a levantar.
Há quem passa... Fazendo-nos cair.
Há quem passa... Como sombra.
Há quem passa... Como luz.
Há quem passa... Como pedra no caminho.
Há quem passa... Como pedra de construção.
Há quem... Para todo deslize vê uma falha irreparável.
Há quem... Nos oferece o perdão.
Há quem... Ignora nossos erros.
Há quem... Nos ajuda a corrigir.
Há quem passa... Rápido, veloz, despercebido.
Há quem... Deixa marcas profundas.
Há quem... Simplesmente passa.
Há, porém, quem... Fica para sempre no nosso coração!

JOSÉ DO CARMO FELIX ROLLA - O GORDO

NETO MATERNO DE MANEZINHO FELIX QUE FOI POLITICO EM DOM SILVERIO.

BISNETO PATERNO DO CEL. FRANCISCO ROLLA.

FORMADO EM CONTABILIDADE.

FOI FUNCIONÁRIO CONCURSADO DA EXTINTA MINASCAIXA.

VEREADOR DE 1997 A 2004.

DISCÍPULO DE JOSE ONOFRE - SEU SOGRO - VEREADOR POR  5  MANDATOS QUE 
REPRESENTOU CONEGO JOÃO PIO E SANTA RITA COM RARA DEDICAÇÃO E ESFORÇO.



COMBATIVO, EQUILIBRADO E JUSTO NA CÂMARA MUNICIPAL ONDE JÁ ATUOU E PRETENDE VOLTAR.


AMIGO DE HÁ MUITO TEMPO, EMBORA BEM MAIS JOVEM, SENTÍ-ME  A VONTADE PARA HOMENAGEÁ-LO E DESEJAR-LHE BOA SORTE NA SUA CANDIDATURA A VEREADOR EM 2016, E POR ELE ATÉ SOLICITAR, EM RAZÃO DE SUA FIDELIDADE EM  SUA AÇÃO POLÍTICA, E TAMBÉM POR POR SER UM HOMEM DE FAMÍLIA ( FATO QUE SEMPRE O ELOGIEI ); ALÉM DA SUA COMPROVADA EXPERIENCIA E MATURIDADE PARA  REPRESENTAR-NOS COM  EFICIENCIA E SERIEDADE.

QUEM FICA E QUEM PASSA


Há quem passa... Aplaudindo nossos fracassos.
Há quem passa... Ajudando-nos a levantar.
Há quem passa... Fazendo-nos cair.
Há quem passa... Como sombra.
Há quem passa... Como luz.
Há quem passa... Como pedra no caminho.
Há quem passa... Como pedra de construção.
Há quem... Para todo deslize vê uma falha irreparável.
Há quem... Nos oferece o perdão.
Há quem... Ignora nossos erros.
Há quem... Nos ajuda a corrigir.
Há quem passa... Rápido, veloz, despercebido.
Há quem... Deixa marcas profundas.
Há quem... Simplesmente passa.
Há, porém, quem... Fica para sempre no nosso coração!

PARA MARIA PAULA SEMIÃO



Ser honesto significa escolher não mentir, roubar, enganar ou trapacear de modo algum. Quando somos honestos, desenvolvemos a força de caráter que irá nos permitir prestar grande serviço a Deus e ao próximo. Somos abençoados com paz de espírito e respeito próprio e teremos a confiança do Senhor e das pessoas.

OBRIGADO PELO SEU DEVOTAMENTO À CAUSA DE NOSSA TERRA, NA CONDIÇÃO DE VEREADORA E PRESIDENTE DA CÂMARA, AGINDO COM PRESTEZA E JUSTIÇA EM FAVOR  DAQUELES QUE A PROCURAM E NO EXERCÍCIO SÉRIO DA COMPETENCIA DE LEGISLAR.


É PRECISO QUE TENHAMOS NA POLÍTICA  PESSOAS DA SUA ENVERGADURA E QUE NÃO ABREM  MÃO DA SERIEDADE E DEFENDEM A TRANSPARÊNCIA.


POR ISTO TORÇO PARA QUE VOCÊ SEJA FELIZ EM SEUS PROPÓSITOS E IDEIAIS. CONTINUO ESCOLHENDO AS PESSOAS, NÃO POR SEUS PARTIDOS, MAS SIM PELA HONRADEZ, CARÁTER E CAPACIDADE PARA NOS REPRESENTAR BEM.

HINO DA E.E.M.A.

Autoria: D. Rita de Cássia Fernandes Lima (Dona Filinha) e Anastácio Ubaldino Fernandes (Sr. Tacinho).

Marques Afonso, arca querida
Que impera em alto mar com galhardia,
Ostentando a bandeira da vida
Pro estudante faz reinar eterno dia.

És farol, és luz e verdade.
Da ciência tens o braço forte.
Do futuro apontas o norte
Da invicta e corajosa mocidade.

Ô juventude altaneira, tens aqui
A fonte pura do saber.
Caminhando pro futuro corajosa,
Segue em frente, confiante sem temer.

De Santo Antônio recebemos proteção 
A cada dia no labor.
Nosso Santo Padroeiro exaltemos,
Seja este nosso canto de louvor.

Ó meu colégio, cantaremos teu louvor
Em c ada luta e vitória.
Desta terra pratiana és a glória,
Nós queremos exaltar o teu valor!

"JUBILEU DE DIAMANTE"

HÁ 60 ANOS FAZENDO HISTÓRIA, CONSTRUINDO O FUTURO

"Em setembro de 1953 fundava-se, nesta cidade, a Sociedade Beneficente de Cultura, cuja primeira diretoria foi assim constituída: Diretor : Murilo Furtado Gomes, Secretário: Benjamim Gomes Torres, Tesoureiro: Manoel Martins Magalhães, sociedade civil de cunho beneficente, para patrocinar a instalação e funcionamento de educandários de grau secundário, em São Domingos do Prata.


Em 28/09/1953 foi fundada a Escola Técnica de Comércio Prateana - 1º grau, ficando sua direção a cargo da referida Sociedade e funcionando, à noite, no prédio da atual E.E. Cônego João Pio, devidamente autorizada a ceder suas salas, pelo órgão competente da Secretaria de Educação.


De 1954 a 1956 a Sociedade Beneficente de Cultura trabalha, incansavelmente, para construir o prédio escolar onde funcionará sua primeira escola.


(...) Impossibilitada de manter a escola, a Sociedade trabalha junto às autoridades Estaduais, para a criação de um ginásio estadual na cidade, o que é conseguido em 1955, pelo Art. 8º da Lei 1.235, 14/02/1955 - é o Ginásio Estadual Marques Afonso.


Aos 22 de abril de 1956 instala-se, oficialmente, o Ginásio, em soleniade presidida pelo então Ministro da Educação: Dr. Clóvis Salgado. O Ginásio funcionou no prédio de propriedade da Sociedade Beneficente de Cultura, que é cedido ao Estado.


Aproveitando a ociosidade das salas no noturno, a partir de 1958, vem funcionar no referido prédio, a escola Técnica de Comércio Pratiana, mais tarde Colégio Comercial Municipal, primeira escola de 2º grau da cidade.


Em 11/01/1961, pela Lei 2.334, é criado o Curso Normal Regional, anexo ao Ginásio Estadual Marques Afonso. Este curso não chegou a funcionar.


A Lei 2.579, de 28/12/1961, transforma o Ginásio Estadual em Escola Normal Oficial Marques Afonso, com a criação do curso de formação de Professores (Magistério de 1º grau - 1ª a 4ª série).


Em janeiro de 1.964 a Sociedade Beneficente de Cultura decide, livremente, doar ao Estado o prédio e o terreno anexo, com a finalidade de que fosse ampliado e melhor aparelhado para atender à demanda crescente de estudantes.


Em 12 de dezembro de 17 o curso Normal Regional, é transformado em Curso Técnico de Contabilidade, anexo ao Colégio Normal Oficial Marques Afonso, Lei 4.684, de 12/12/67.


O curso Técnico de Contabilidade teve funcionamento em 1970, pois nos anos anteriores não houve número suficiente de alunos.


(...) Atualmente a Escola Estadual Marques Afonso atende cerca de 1200 alunos em três turnos, oferece educação básica anos finais, ensino médio e curso Normal."

Tuesday, September 13, 2016

O FAROESTE E A POLÍTICA

Outro dia ouvi um comentarista político comparar os filmes de Bang Bang com a atual política do Brasil : " Nos filmes do velho oeste existiam '  o mocinho  '  e  ' os bandidos '; hoje,  na política brasileira não existe  ' o mocinho ', apenas   ' os ... '.

Obs :  Pesada consideração pós mensalão e lava jato, mas...