Wednesday, January 17, 2018

VOU-ME EMBORA PARA O FACEBOOK

Eu estava pensando, já que estou semi aposentado, bem que poderia  mudar de Cidade. Pensei em Bela Vista de Minas, pela simples razão de que lá tenho  grandes amigos;  a outra opção seria  para  Piúma, no Espírito Santo, lugar tranquilo, povo hospitaleiro e praia suave. 

Contudo,  há algum tempo, quando passei a observar mais detalhadamente o Facebook, estou pensando em mudar de idéia. Descobri que desejo morar nesta nova Cidade chamada Facebook. Nela só  tem gente bonita, bem maquiada, cabelos bem cortados e cuidadosamente penteados. Todo mundo é feliz.  São todos amigáveis, tratam o próximo muito bem, sentem saudades uns dos outros e consegue-se até dinheiro emprestado com os amigos virtuais; e mais, sem juros.

 De vez em quando reparo umas briguinhas entre torcedores do Cruzeiro e do Atlético, mas só de ' faz de conta ', no fundo eles sabem que  jogador de futebol é o como os políticos, não tem amor a nada, eles tem preço.

Percebo também umas picuinhas com os mesmos argumentos entre os que se dizem de esquerda e os que são classificados como de direita, embora, com toda boa vontade não consiga distingui-los bem;  fico a pensar : e o cara que é  canhoto de nascença para onde ele vai ?Antigamente, ainda  acreditava em ideologia ( sem fanatismo ), mesmo porque desde que o mundo é mundo o ser humano tenta subjugar o outro . A escravidão foi assim. O Império Romano, o Nazismo e o Fascismo também. Ditadores,  Czares e até  tu Napoleão Bonaparte ! Sem falar em Stalin,  Lênin, o Generalíssimo Franco,  além do antropófago Idi Amin Dada...Muamar Kadafi,  Saddam Hussein. 

Enfim a coisa parece cadeia alimentar, no Brasil partidos políticos se unem para ganhar as eleições, depois um quer delatar  o outro, para se manter só e não ter que dividir o produto da corrupção, igual enredo
de  filmes de faroeste, os bandidos se unem, para assaltar a diligência que transporta o ouro,  e  na hora da divisão do produto do roubo, acabam articulando traições , se matando, para ter menos com quem dividir o dinheiro. Como não tenho bandido de estimação, este assunto não me afeta.

Então vou tentar mudar para este lugar chamado Facebook. Quem sabe, as coisas podem melhorar ! Rss.

Monday, January 15, 2018

Aqueles que passam, deixam um pouco e levam um pouco, não passam, FICAM!

Friday, January 12, 2018

EDUCAÇÃO E RESPEITO ( O objetivo é propocionar uma reflexão sobre esta vida corrida, eivada de tecnologia e que de certa forma põe de lado o ser humano)

O fato de um filho ser maior de idade não lhe dá passaporte para desrespeitar seus pais.

Muitas pessoas entendem que quando se tornam maiores de idade podem fazer o que bem entender. NÃO. Honrar pai e mãe é mandamento de Deus. Não é incomum que saiam para curtir a vida sem ter que dar satisfações, mas na hora de pagar as contas recorrem aos pais.

A PRIMEIRA INDEPENDÊNCIA DO SER HUMANO É A FINANCEIRA.

O que nenhum filho pode pensar é que Ele seja uma estrela solta no céu.

Muitos filhos estão se lascando por aí,  por não darem ouvido a pai e mãe.

"SE O FILHO NÃO OBEDECE AOS PAIS, QUEM DIRÁ A DEUS".

É comum ouvir que  de quem já não tem mais os pais,  a seguinte frase : "que falta Eles fazem".

Eu mesmo digo, amava e respeitava meus pais. O meu pai era companheiro de conversas sobre as histórias do Prata, da política e "Causos" que ele me contava. Quanto às mães,  você imagina quantas vezes Ela acordou no meio da noite com o filho chorando e foi cuidar dele e depois orar para que ficasse bem. E para Ela não importa a sua idade, Ela ama o filho do mesmo jeito.

Filhos! Valorizem aqueles que continuam na sua vida, mesmo depois de tantas tempestades, porque hoje em dia, ter alguém com quem contar é raro!

Recentemente li que :

"Qualquer idiota pode se deitar e fazer um filho, mas é preciso ser um homem de verdade para levantar e ser um pai."

Ainda, infelizmente existem pessoas, inclusive filhos que quanto mais você se importa com eles, menos eles te valorizam.

Os pais, por seu lado,  já sabem que geralmente erram no excesso de chance e tolerância que dão.


Vemos muitos casos na TV, de filhos que agridem ou até mesmo matam seus pais, muitas vezes por causa de herança; ou, seja dinheiro. Ocorre-me lembrar o famoso caso Suzane Richthofen onde uma mãe com tanto esforço carregou sua filho no ventre por nove meses e depois a criou com todo carinho, para Ela depois de adulta, assassiná-la covardemente, sem ter tido uma chance sequer de  defender-se. O nosso Código Civil é muito claro - não existe herança de pessoa viva, veja esta decisão : VIDE JURISPRUDÊNCIA CONSOLIDADA EM DECISÃO PROFERIDA POR UM TRIBUNAL E JUSTIÇA DO PAÍS - INEXISTÊNCIA DE HERANÇA DE PESSOA VIVA.

Finalizando, não importa qual a sua idade, se você é menor ou maior de idade, honre seus pais, valorize-os. Não fale mal ou reclame deles, respeite-os, mesmo Eles  ou você estando longe, um do outro. Isso é caráter.

Não deixe de amá-los.

Você só colherá o que plantar! ... Não há outra alternativa.

Pesquisa (Fonte): Priscila Gomes

Tuesday, January 09, 2018

GUARDAR RAIVA É AUTORIZAR O OFENSOR A GOVERNAR O PENSAMENTO DO OFENDIDO

PERDÃO

Sempre que fazia algum tipo de leitura observava o pensamento do autor a respeito da humildade, da gratidão e do perdão. Quando li "Guimarães Rosa" percebi que Ele fazia um embate com a mágoa, com o ódio que muitos de nós guardamos na geladeira para não estragar. Mais tarde, lendo "Martha Medeiros" leio um pensamento dela dizendo " eu não perdoo porque sou boazinha, perdoo porque sou inteligente. Ela quer dizer que não depositará lixo em sua alma e nem dará importância a coisas insignificantes. O perdão deve ser praticado não apenas porque está na Bíblia, ou porque é um ato nobre, sublime; mas principalmente porque ele nos tira o peso da dor, cedendo vaga para o amor dentro da gente.

Monday, January 08, 2018

UM OUTRO CONSELHO

Se eu pudesse te dar um conselho hoje: chora!
Porque chorar também faz bem
Chora porque você está com medo
Chora porque ainda que você tentou certo, deu tudo errado
Chora porque talvez a única coisa que te falte é um abraço apertado
Mas não chora acuado
Chora bem alto!
Se entregue, se permita
Chorar não significa que voce é fraco
Chora porque você carrega o mundo nas costas, e ninguém parece perceber
Chora porque o choro te liberta, tantas vezes faz um novo dia nascer
Chora porque seu amor foi embora, com promessa de nem voltar mais
Chora porque você tinha algo a dizer, e a chance...ficou pra trás
Chora de soluçar!
Mas não procura culpados
O choro é pra aliviar sua dor
Aliviar seu cansaço
E depois que você chorar tudo
Até a ponto de vermelho estar
Dá aquele suspiro de alívio
Pensa: ufa! Eu cansei de chorar
E então, ria de si mesmo tentando lembrar do que tanto chorou...
Porque eu te garanto que vai parecer quase nada, o que agora pouco parecia dor.

Mariana Felix
A gente pode encontrar tudo quando sonha. Sonhei, encontrei você, aí acordei!

E vi que foi só um sonho, apenas um sonho, eu sei!
Coração quer afeto, alma quer abrigo.
Uma coisa errada no tempo certo. É sinal de que a coisa é certa. O tempo mostrará.
A admiração é = a amor.
O tempo cura, mas não é um remédio barato.
Não é que a gente queira que dure para sempre, não é isso.

Mas que não doa, nem mesmo por um instante.
Quando não há explicações é porque é coisa do coração.
Amar é cuidar de longe.
Já sabemos onde erramos, geralmente no excesso de chance que damos.
Tem gente que mais parece ser lugar.

Ás vezes olho você de longe e falo baixinho:

- queria morar lá ...

Laura Mello

VOCÊ NÃO É OBRIGADO...

"Você não é obrigado a nada. Você não precisa casar, nem ter filhos, se nunca desejou. Nem fazer compras em Miami. Não precisa ter aquela bolsa marrom, não precisa ter carro, nem amar bicicletas, não precisa meditar.

Só precisa ter cachorro se quiser. Entender de vinho: não precisa. Barco, casa no campo, Rolex, ereção toda vez, cozinha gourmet, perfil no Instagram... Não precisa. Você não é obrigado a gostar de carnaval, nem de samba, nem de forró, nem de jazz.

Você não é obrigado a ser extrovertido. Não precisa gostar de praia. Nem de sexo você é obrigado a gostar. Balada, barzinho, cinema. Missa no domingo. Reunião de família. Não, você não é um ET se não estiver afim.

Acordar cedo, fazer exercício, conhecer os clássicos, assistir os filmes do Oscar, a banda de garagem que ninguém conhece. Você também não precisa conhecer. Paris, Nova York, Londres...

Gosta muito de viajar? Não? Então não vá! Tá sem namorado? Alguém vai dizer que você não é feliz por isso. E é mentira. Seu cabelo não precisa ser alisado. Nem você vai ser muito mais feliz se for magro ou magra. Também não precisa gostar de comer.

Peça curinga no guarda roupa, perfume francês, dentadura perfeita, curriculum vitae, escapulário. Sucesso. Não, você não precisa dele. Se for para ser obrigado, nem feliz você precisa ser."



Via: Mon Liu
A GENTE ATÉ PENSA QUE FÁCIL...MAS NÃO É....CUSTAMOS A ENTENDER QUE A VIDA NÃO DÁ RÉ.
HOJE, PASSADOS TANTOS ANOS, POSSO DIZER SEM NENHUMA DÚVIDA QUE ERREI DEMAIS ,ENQUANTO NÃO ENTENDI A IMPORTÂNCIA DA HUMILDADE E DA GRATDÃO.

Friday, January 05, 2018

Encerrando Ciclos
Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos - não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos da vida que já se acabaram...
Dizem que este texto não é do Fernando Pessoa e sim de Glória Hurtado.

O NAMORO A MODA ANTIGA

Namoro antigo era no sofá da sala, supervisionado pelos pais. Ajudava muito se a sogra fosse afeita ao uso de tamancos. Com horário para estar em casa e os irmãos eram meio "espiões" nomeados pelos pais. Beijo na boca era raro e bem escondido, a moça podia ficar falada.

Nos clubes as moças de vestido rodado esperavam ser convidadas para uma "dança".

Época de um tempo mais lento e romântico. Tempo em que todos deveriam se casar e quem não o fizesse era  visto com certa reserva.

A diferença é que hoje as pessoas namoram, ficando; o que certamente faz com que o sexo acabe por tomar o lugar do afeto.

Ao contrário de antigamente, tudo é mais rápido, dizem "a fila anda"; ou seja a quantidade venceu a qualidade. Hoje também, ninguém se obriga a manter-se num relacionamento, não estando bem.

Com o tempo a virgindade deixou de ser tabu e a repressão familiar diminuiu.

Impossível negar que o namoro ficou superficial, com menos responsabilidades, perspectivas e consistência. Também não se pode negar que o namoro de antigamente havia mais consideração de "um" para com o "outro".

Finalizamos, analisando que com o advento das doenças transmissíveis, da individualidade e do direito de decidir o que é bom para si sem nenhum sentimento de culpa, surgiu uma nova modalidade de comportamento, que são aquelas pessoas que  levam muito bem a vida sozinhos, solteira, feliz com romances ocasionais, feliz sem nenhum; o que pode ou não ser resultado de um certo temor em se envolver ou  até uma falta de habilidade para se relacionar.

Fonte de Pesquisa :Dr. Sergio Savian

Thursday, January 04, 2018

Adorei a idéia e resolvi aderir. 
Mais olho no olho e menos redes virtuais.
A partir de janeiro, eu decidi cuidar mais dos meus amigos, então ... Eu convido você a tomar um café!
As 10 primeiras pessoas que comentarem "Eu quero", convidarei para um café em algum dia deste ano, e asseguro-lhe uma boa conversa (sem telefone).
Sim, vou convidá-lo. Como, quando e onde será decisão mútua. A única condição é que antes de responder "Eu quero" você publique isso em seu feed oferecendo o mesmo para outras 10 pessoas. Vamos nos ver mais!
Se o seu comentário tiver um "curtir" meu, é porque você cumpriu a condição necessária; Se você não publicou o desafio em seu perfil, não conseguirei cumprir.
Quero que tenhamos um 2018 com mais conexão, amizade e humanidade!
Uma corrente útil vai ahhahaha
Valendo!!!!!       PRIMA...ADOREI O TEXTO, NÃO PELO CAFÉ, EMBORA EU GOSTE MTO DE CAFÉ, TOMEI MUITOS FEITOS POR SUA VÓ E SUA MAE, MAS TENHO DITO, QUE OS EMBORA MUITO ÚTIL A TECNOLOGIA TIROU-NOS BASTANTE O ' OLHOS NOS OLHOS' QUE ACHO FUNDAMENTAL. LEMBRA-SE DE UM POEMA DE BANDEIRA - EVOCAÇÃO DO RECIFE - ONDE ELE DIZ ; 'Depois do jantar as famílias tomavam a calçada com cadeiras
mexericos namoros risadas
A gente brincava no meio da rua
Os meninos gritavam:
Coelho sai!
Não sai!
❝ Antes de querer ser juiz do meu caminho para me criticar, eu te empresto os meus sapatos... Assim você saberá a história dos meus calos.❞

MEU AMIGO SERAFIM

Sô Serafim tinha mais de noventa anos. Conhecia-o desde menino. Alto, magro,corpo ereto, cabelos crespos, pés grosseiros, narinas abertas, orelhas grandes, alegre, com um caminhar tão individual, que o reconhecia de longe. Seu amigo Sebastiãozinho brincava que ele parecia uma "embaúba fina do oco largo", referindo-se ao fato dele, embora sendo comilão, jamais engordava.

Como todo homem simples demonstrava sua humildade com um sorriso; o seu estilo, com exemplar comportamento. Achava que as palavras eram supérfluas e se dispersavam com o vento.

Conversar com Ele era um exercício de aprendizagem. Se o encontrava na estrada,  parava o carro e conversava com Ele. Já nos sentamos debaixo de uma árvore com copa larga, arredondada, ambiente mobiliado  com um velho e rústico banco de madeira, ali fixado. Não gostava de andar de carro, apenas a pé.

Acho que no principio Ele meio que se esgueirava com certa destreza de alguns assuntos. Com o tempo conseguimos bater nossos papos livres da cautela inicial imposta por ele.

Raramente chamava-me pelo nome, dizia apenas "Sô Moço". Havia conhecido e trabalhado com Neco Gomes ,meu avô materno, sobre o qual às vezes contava-me alguns casos passados.

Lembro-me bem que em nossa última conversa, achei-o meio triste; dizia-me que os filhos, netos e bisnetos estavam pensando numa festa de cem anos para ele, mas que algo lhe "dizia" que não chegaria lá. Contestei o pensamento dele e surpreso ouvi a seguinte afirmação: "Sô Moço, a gente morre três vezes; a primeira, quando o coração para de bater; a segunda, quando é enterrado e a terceira; a pior de todas, quando a gente é esquecido".

Lembro-me que este dia eu o visitava em companhia de uma prima; saímos de sua casa em mudo silêncio silencioso, acho que tanto Eu como Ela, mergulhamos numa profunda reflexão sobre a vida. Poucos dias depois recebi a notícia de seu falecimento, mas até hoje não o "esqueci", simplesmente porque Ele se fez "inesquecível" para mim.